Especial VMA: Cyndi Lauper diz que perfomance de Miley Cyrus e Robin Thicke incentiva o estupro

Miley Cyrus durante performace no VMA 2013 / MTV

Uma das apresentações mais polêmicas do VMA 2013 foi a de Miley Cyrus, no entanto que Cyndi Lauper colocou mais lenha na fogueira, considerando um incentivo ao estupro a apresentação da cantora ao lado de Robin Thicke.

Além de referências sexuais,ela diz na música literalmente que as entrelinhas permitem que você saiba que uma mulher quer dizer sim, quando diz não, e isso é terrível porque é um incentivo ao estupro”, afirmou Cyndi Lauper.

Além de Cindy, Kelly Clarkson e Brooke Shields não aprovaram a atitude de Miley Cyrus, questionando até a classificação indicativa do evento, que era de 14 anos.

Assista a apresentação:

 

 

One Direction 

 

Não sei porque todo mundo está falando sobre isso. Foi uma performance tão familiar”, brincou Niall Horan, durante a pré-estreia do filme “This Is Us” em Nova York.

Após a apresentação, o novo single de Miley figurou no 1º lugar nas paradas britânicas.Segundo o site “The Hollywood Reporter“, fontes do setor dizem que o single “We Can’t Stop”, teve um aumento de 20% nas vendas nesta semana e que o disco já tinha vendido 90 mil cópias em dois dias de pré-venda.

Deixe seu comentário

Já curtiu a página do Focka no Facebook? Curta agora ou atualize a página caso já tenha curtido.